Ferramentas do eletricista, quais adquirir?

 

Na lista de ferramentas para eletricista, qual não pode faltar? Você alguma vez já se fez esta pergunta? Seja você um eletricista montador, eletricista predial ou outro, neste artigo vamos falar qual é o kit de ferramentas ideal e mostrar como o uso das ferramentas corretas é muito importante para desempenhar um bom trabalho. Vamos lá pessoal!

Para trabalhar com eletricidade é necessário contar com diversas ferramentas! É importante conhecer a utilização destes equipamentos para não investir em algo que quase não irá usar ou pior ainda, deixar de comprar uma ferramenta que será muito útil diariamente. Na sequência deste artigo, vamos mostrar quais as principais ferramentas que o eletricista deve ter.

Ferramentas para eletricista: Como escolher?

A lista que vamos apresentar inclui ferramentas quase que obrigatórias e algumas de uso mais específico, mas que é de grande serventia para o eletricista. Analise bem a sua área de atuação e o tipo de serviço que costuma realizar, certamente vai perceber que algumas ferramentas são muito mais importantes que outras, observe bem quais são as prioridades.

Ferramenta eletricista: Chave de fenda

Esta talvez seja a ferramenta mais utilizada pelo eletricista e pode ser encontrada quase que em todas as residências. Seja eletricista ou não, a maioria das pessoas possui uma chave de fenda exatamente pela grande utilidade dela. Para os profissionais que trabalham com instalações elétricas, é muito importante ter pelo menos duas chaves de fenda, uma pequena que servirá para os pequenos parafusos que são utilizados para prender fios em terminais de interruptores e tomadas por exemplo, e uma grande que será usada em parafusos maiores que atuam na fixação dos interruptores por exemplo.

Ferramenta eletricista: Chave Philips

Além das chaves de fenda, é indispensável contar com uma chave Philips, visto que muitos dispositivos elétricos como os disjuntores e vários aparelhos eletrodomésticos possuem componentes presos com parafusos Philips. Muitos profissionais utilizam a chave de fenda nestes parafusos e por mais que possa funcionar no primeiro momento, a utilização de uma chave inadequada irá danificar o parafuso e comprometer a sua eficiência.

 

Ferramenta eletricista: Furadeira

As furadeiras elétricas são ferramentas de extrema importância para o eletricista. Neste aspecto, além da furadeira de qualidade, você precisará de um bom jogo de brocas para metal e para cimento. Existem no mercado vários modelos e tipos de furadeira, na imagem abaixo está a furadeira S8010 fabricada pela Starrett que é um ótimo equipamento. Na hora de comprar a furadeira, observe bem as especiações de cada modelo e não compre pensando apenas no menor preço, já que isso pode se tornar caro no futuro.

 

Furadeira S8010 da Starrett

 

 

Ferramenta eletricista: Alicate de corte lateral

Essa ferramenta é muito útil para cortar os fios e ter um alicate pequeno com cabo isolado é indispensável para os trabalhos com eletricidade. Sendo assim, ter em mãos um alicate de corte pode te ajudar em várias outras tarefas relacionadas com as instalações elétricas.

 

Ferramenta eletricista: Alicate de ponta fina

Este equipamento pode ser útil quando você precisar dobrar ou puxar pontas de fios por exemplo. Também são ótimos para quando o eletricista precisar segurar partes de algum componente em uma determinada posição.

 

Ferramenta eletricista: Alicate desencapador de fios

Esta dica se assemelha com a da utilização da chave Philips, vários eletricistas usam outros tipos de alicates para descascar os cabos e isso não é correto. A ferramenta especifica para desencapar os fios é de fácil utilização e além de garantir um resultado eficaz, evita danos nos cabos que podem causar problemas graves futuros.

 

Ferramenta eletricista: Lima

O uso de uma lima pode ser de grande serventia em diversos trabalhos como por exemplo, remover a oxidação em uma peça de metal ou acertar uma superfície para utilidades diversas. O indicado é que o eletricista disponha de uma pequena e uma grande. Na imagem abaixo você pode ver uma lima da linha da Starrett, estas limas são materiais de ótima qualidade e que certamente irá atender as suas necessidades.

 

Conheça a lima para eletricista da Starrett

 

Ferramenta eletricista: Sonda

A sonda que também é conhecida como arame de passar fios, é um equipamento indispensável no kit de ferramentas do eletricista. A sonda é composta por um arame de aço que foi fabricado para percorrer facilmente dentro dos eletrodutos, ela é usada para passar os fios que serão usados em uma instalação elétrica.

 

Ferramenta eletricista: Multímetro

Outro equipamento indispensável para o bom eletricista é o multímetro. As diversas utilidades e o seu preço relativamente baixo justificam o investimento! Para você ter ideia da importância desta ferramenta, ela serve para testar praticamente todos os aparelhos que funcionam com eletricidade, além é claro da instalação em si.

 

Ferramenta eletricista: Arco de serra

O arco de serra também é importante para os trabalhos de corte e preparação de certas partes metálicas. Atualmente no mercado existe também o mini arco de serra como este da imagem abaixo, eles são fabricados pela Starrett e desempenham diversas funções que o arco de serra comum não consegue como cortes em profundidade por exemplo. Portanto, o ideal é que o eletricista tenha no kit tanto o arco de serra comum, quanto o mini arco de serra.

 

Conheça o mini arco de serra da Starrett

 

Ferramenta eletricista: Fita isolante

É impossível imaginar um eletricista que não tenha um rolo de fita isolante em sua caixa de ferramenta não é mesmo? Exatamente, esse equipamento não pode faltar em hipótese alguma no dia a dia do eletricista. Existem vários tipos e cores e a sua utilização pode variar, então pesquise bem qual é o tipo mais adequado para a atividade que irá realizar.

Além das ferramentas citadas, o eletricista pode contar com várias peças que são comuns nos trabalhos. Dentre elas podemos citar tomadas, interruptores, lâmpadas, fusíveis e etc. Quanto mais equipamentos você tiver, menores serão os imprevistos e maior será o seu campo de atuação.

Gostou das nossas dicas? Não deixe de assinar a nossa newsletter para receber outras dicas!

 

Fonte: Mundo da Elétrica

 

7 dicas para ser um Profissional Autônomo de sucesso

 

 

A cada dia, mais e mais pessoas desejam sair dos seus atuais empregos, com o sonho de se tornar empreendedores e trabalhar por conta própria. Mas, é importante lembrar que nem sempre é fácil se tornar um autônomo de sucesso.

Desafios como a gestão orçamentária adequada, por exemplo, podem ser uma pedra no meio do caminho daqueles que almejam começar o próprio negócio. Você quer se dar bem na sua atividade de autônomo, mas não sabe como chegar lá?

Para ajudá-lo nessa empreitada, este texto apresenta 7 dicas essenciais para quem quer ser bem-sucedido como autônomo. Acompanhe!

Aproveite toda a sua experiência

Tornar-se autônomo não é uma tarefa tão simples. E por isso é fundamental que a pessoa esteja preparada para o ofício e as responsabilidades que virão. Tente coletar o máximo de informações e experiências que adquiriu nos empregos anteriores para poder utilizar nessa nova etapa da sua vida.

Para ter êxito, é conveniente estar preparado para lidar com questões que envolvem tanto a gestão contábil quanto o relacionamento com os funcionários e clientes. Por isso, a melhor forma de adquirir esse entendimento é analisando tudo que já vivenciou nas suas relações de trabalho, observando e retirando o conhecimento necessário de cada situação.

Planeje-se bem

Todo bom plano precisa ser cuidadosamente estudado. Para ter sucesso como autônomo, é importantíssimo traçar um esquema detalhado sobre os passos que a empresa deve tomar.

Tenha objetivos e metas claras para serem alcançadas pela empresa. Em seguida, crie as estratégias que tornem aqueles alvos possíveis.

E vale a pena dizer que um bom planejamento financeiro do seu negócio ainda o ajudará a calcular e a conseguir o montante necessário para dar o pontapé inicial no empreendimento e, assim, gerir o negócio no futuro.

Não tenha medo de procurar ajuda

Nem todo mundo domina as diferentes áreas que envolvem gerir um negócio. Tendo isso em mente, uma solução prática é procurar o auxílio de outros profissionais experientes em diversas áreas. Contratar alguém para cuidar das finanças da empresa ou da área de marketing, por exemplo, pode ser de grande ajuda para um negócio que está começando.

Lembre-se: mesmo que essa atitude possa acarretar um custo maior ao empreendimento, ela pode economizar muito tempo, recursos e energia que poderão ser bem aproveitados em outras áreas da empresa.

A melhor forma de decidir se trabalhará sozinho ou em equipe é analisando realmente a sua capacidade e limitações como autônomo.

Mantenha o controle das suas finanças pessoais

Iniciar seu próprio negócio não é um investimento barato. Por isso, para conseguir mais dinheiro para aplicar na sua empresa, é importante que você tenha ótimo controle sobre o seu orçamento e saiba economizar na sua vida pessoal.

Para cortar alguns gastos desnecessários e diminuir as despesas da casa, uma boa opção seria buscar marcas mais baratas, além de repensar o gasto mensal com os diversos aspectos supérfluos do lar e família.

É preciso ter em mente que os estágios iniciais da sua própria empresa demandam certa quantia de dinheiro, que envolve aspectos desde a contratação de eventuais funcionários até a criação da identidade visual e a propaganda do negócio.

Além disso, na fase de estruturação do negócio, também podem ocorrer diversos imprevistos, que pesariam ainda mais no orçamento do empreendimento. Portanto, calcule também um dinheiro extra para emergências e esteja sempre preparado.

Não se esqueça do marketing

Nenhum negócio cresce sem uma ótima campanha de marketing. Por isso, é extremamente importante que você saiba do papel que o marketing possui dentro do negócio. Graças a ele, o estabelecimento poderá consolidar uma imagem positiva no mercado e, consequentemente, crescer e atrair novos clientes.

Nos dias de hoje, o marketing não precisa ser mais estabelecido somente em veículos de comunicação tradicional, como a TV ou jornais. Muito pelo contrário, uma das melhores formas de se conseguir novos clientes atualmente é investindo no mundo digital.

Manter contas ativas nas redes sociais, priorizando o relacionamento com o cliente, além da divulgação de produtos e promoções, pode ser um ótimo diferencial entre as novas empresas de sucesso e as que não conseguem muitos clientes.

O ideal é contratar uma equipe de profissionais especializados que estarão envolvidos apenas com a atividade de marketing digital. Aponte diretrizes claras sobre a linguagem a ser usada nas redes, assim como quais serão os limites que esse meio de comunicação representará para você.

Vale lembrar ainda que o marketing digital representa grande porcentagem do marketing espontâneo atual. É muito simples marcar as pessoas em publicações interessantes, bem como compartilhar bons posts e recomendar estabelecimentos e profissionais, o que torna a presença on-line de uma marca ainda mais importante.

Continue estudando

A fim de se manter atualizado em um mercado altamente competitivo, é importante que você continue sempre estudando para se capacitar melhor.

Procure descobrir quais são seus pontos fracos dentro da gestão do seu negócio e invista nessas áreas. Seja na educação financeira ou na criação de logomarcas, é importante que o gestor sempre tenha controle de tudo aquilo que se passa na sua empresa

Estude mais sobre questões que envolvam o mercado em que você atua, pesquisando as tendências e perspectivas para o futuro. Acompanhar as previsões sobre a sua área de trabalho é extremamente importante na hora de traçar as suas estratégias de vendas, além de planejar metas reais sobre a capacidade do seu negócio.

Não tenha medo de arriscar

Uma característica fundamental de qualquer empreendedor é que ele não tenha medo de arriscar. Qualquer novo negócio representa certo risco. E, obviamente, nem sempre tudo sai como o planejado. Imprevistos são normais durante a vida do profissional autônomo, e é preciso ter a coragem para superar cenários desvantajosos.

Ainda assim, é essencial que o empreendedor saiba que nunca existirá um momento ideal para entrar em um mercado competitivo. Mas que, com um bom planejamento, as chances de ter um negócio de sucesso aumentam consideravelmente!

Com uma boa preparação e com o estabelecimento de expectativas reais, qualquer profissional pode se tornar um autônomo de sucesso. Nessa jornada, é importante fazer uma análise de quais são as suas capacidades e de qual será a melhor forma de abordagem para criação e implementação da sua atividade.

 

Gostou das nossas dicas? Não deixe de assinar a nossa newsletter para receber outras dicas sobre seu próprio negócio!

Saiba os pisos ideais para a garagem

Opte pelo piso antiderrapante, principalmente se a garagem é descoberta

 

O piso da garagem precisa atender a alguns fatores para que haja segurança no local, pois os veículos são pesados e geram sujeira, como manchas da borracha do pneu e de óleo que pode vazar. Na hora de escolher o piso considere a resistência, aspereza, durabilidade, facilidade de limpeza e de manutenção. Veja, abaixo, as melhores opções de materiais para o local.

 

A segurança deve ser a maior preocupação

Não escolha qualquer material. Um grande erro é achar que por ser uma área externa ou em que as pessoas não vão ficar, você pode colocar qualquer piso. Atenção: Prefira produtos de marcas confiáveis, indicadas para esse uso, resistentes a alto tráfego e antiderrapantes.

De modo geral, os pisos mais fáceis de limpar são lisos e escorregadios. Os antiderrapantes, são irregulares, o que dificulta a limpeza, mas não escorregam.

Opte pelo piso antiderrapante, principalmente se a garagem é descoberta. Isto previne acidentes domésticos em dias chuvosos. E se você escolheu um piso poroso, como as pedras naturais e os cimentícios, lembre-se que eles necessitam de cuidados especiais, como impermeabilizações periódicas, para evitar que fiquem encardidos.

As peças polidas são lindas, mas o contato dos pneus podem riscá-las, além de serem escorregadias em contato com a água.

Para escolher o piso mais adequado avalie os custos, a estética, a resistência, a facilidade de instalação, a segurança e a frequência de manutenção.

 

Faça uma boa base e capriche no contrapiso

Preste atenção na base para assentar o piso, que deve ser bem resistente. Se for feito de qualquer jeito, pode afundar com as altas cargas de deslocamento do veículo ou soltar o piso.

Acabou o dinheiro? É possível utilizar o contrapiso de concreto na garagem. A desvantagem é que fica mais difícil para limpar.

 

Conheça alguns pisos

Há muitas opções de materiais que podem ser usados: pedra miracema, ladrilho hidráulico de calçada, paralelepípedo, mosaico português, além dos já conhecidos revestimento cerâmico e porcelanato. No caso de piso cerâmico ou porcelanato, procure por peças indicadas para locais de alto tráfego, pois são mais resistentes. Saiba mais sobre alguns deles:

Pedras

As pedras brutas são resistentes e têm superfície antiderrapantes. Algumas boas opções são as pedra miracema, são tomé e góias. Cuidado com as lisas e escorregadias, como granitos e mármores polidos, existem acabamentos como o levigamento para que ele fique antiderrapante. Se você optar por usar pedra, use também uma resina protetora aplicada sobre a pedra pra diminuir a porosidade e evitar manchas.

Placas cimentícias

As placas – feitas com concreto de alto desempenho– têm a vantagem de apresentarem boa resistência e durabilidade e mantêm o piso mais frio, porque absorvem menos calor. São peças de grandes formatos e aplicadas com juntas para dilatação.

Depois de assentá-las sobre o contrapiso, é recomendável aplicar uma camada de resina protetora para reduzir a absorção de água e gordura, facilitando a limpeza. A reaplicação desta resina deve acontecer anualmente.

Piso intertravado

São pisos de concreto para áreas externas. A grande característica do piso intertravado é permitir que o solo continue absorvendo água – uma questão bem importante para os centros urbanos. É um tipo de piso resistente, antiderrapante e que pode ser encontrado em vários formatos: piso sextavado, piso raquete, piso retangular, piso quadrado. E os modelos são convencional, piso drenante/jardim e piso grama.

O convencional é inteiro de concreto e permite menor absorção de água só pelas juntas (encontro entre as peças). O pisograma é como uma moldura de concreto que permite o cultivo de grama no centro. Ele é semipermeável e resistente ao tráfego de veículos. Seu uso garante até 60% de permeabilidade do solo. Já o drenante em concreto poroso, que é encontrado em diversos desenhos, garante até 95% de permeabilidade do solo.

Ladrilho hidráulico

O ladrilho hidráulico tem peças de diversos tamanhos: 15×15, 20×20, 40x40cm e grande variação de modelos e cores. É antiderrapante, mas é muito poroso. Por isso, pode acumular sujeira e ficar com aparência de encardido. Sua resistência é muito alta, tanto que ele é muito utilizado em calçadas com grande fluxo de pessoas.

Gostou deste conteúdo e quer ficar por dentro de outras dicas de manutenções e serviços? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Fonte: 100pepinos

Nova Parceria Faz Tudo BH e Naplanta Brasil

Na Planta Brasil

 

O NAPLANTA Brasil é o maior portal imobiliário especializado em imóveis na planta do país. Empreendimentos das principais construtoras, incorporadoras e imobiliárias, que se encontram desde a fase de pré-lançamento até mesmo os prontos para morar.

Se você está procurando um imóvel para comprar, aqui você vai encontrar. Em apenas um domínio estão as principais opções ofertadas no mercado, e não somente imóveis residenciais como também comerciais e opções para investimento no segmento hoteleiro.

Sabendo que atualmente o tempo é um dos bens mais valiosos, oferecemos ao usuário a melhor ferramenta de pesquisa do mercado, a possibilidade de visualização de todos os imóveis no mapa e a opção do usuário cadastrar as informações do imóvel que procura para que nós, após uma vasta pesquisa, possamos indicar as melhores opções.

Aproveite a oportunidade e divulgue seus empreendimentos conosco também, é a melhor forma de divulgação, custo-benefício e com o maior retorno de leads.

 

Conheça agora mesmo: http://naplantabrasil.com.br/bh/imoveis-bh